January, 2010


19
Jan 10

I’m gonna stop using my MSN account (mvalente@ruido-visual.pt). If you cant IM me, please request add on Gtalk/Jabber network.


17
Jan 10

As Escolhas do MV (XVI)

Nas últimas 2 semanas não houve escolhas por razões mais ou menos óbvias: não sei se repararam mas numa 6a foi a passagem de Ano e na outra estive ocupado. Esta 6a feira também tive de sair e por isso estas escolhas já vêm um bocado atrasadas: não são no formato habitual, mas são as minhas escolhas de 2009; os links da minha lista de links que são os pontos relevantes de 2009.

Assim, 2009 foi o ano em que:

  • o uso de Javascript no servidor atingiu massa critica e começou a ganhar forma. Sabe bem confirmar o que tinha previsto e fazer parte da “revolução”.
  • depois de usar o Twitter durante 2 anos (desde Março de 2007; sim já existia Twitter…), me fartei da conversa de putas de esquina e me pus a andar. Agora apenas o uso para publicar mensagens de status (o objectivo original), da mesma forma que uso o Facebook/MySpace/Hi5/LinkedIn/etc, sem participar no concurso de “colecção de cromos” nem lhe dando uso para conversas do chacha, piores que o IRC (mIRC para os nabos).
  • completei um (1) ano como desempregado (ou, melhor dizendo, “desocupado”, que quem é gerente de empresa ou administrador público não tem cá direito a subsídio de desemprego) e, não conseguindo arranjar um tacho decente (cheira-me que não devo ter arranjado muitos amigos), fui obrigado a criar o meu próprio emprego.
  • fiz o primeiro Kickstart (versão zero, por assim dizer), de conteúdos mais teóricos que o Kickstart 1H10 (vertente mais prática), e que me lancei numa nova aventura. O Kickstart “microMBA” deverá ter outra edição em Abril deste ano, caso haja suficientes interessados.
  • voltei a poder meter as mãos na massa em algumas “actividades antigas“, depois de 3 anos de exclusividade dados à Nação. Nada de conclusões rápidas e más ideias. Viram o título? Agora eu estou do lado dos “bons” (“Who? Me? Oh well…“)
  • me tornei “mestre“. Eu já sabia que era (there are lotsa ninjas but I am shogun), mas a confirmação académica dá sempre jeito.
  • decidi qual ia ser o meu próximo telemóvel e depois voltei atrás e me decidi antes por outro (é igual ao GooglePhone NexusOne, mas para melhor e para homens, ie. tem teclado).
  • reactivei o meu blog pessoal (este) em nova plataforma mas herdando os conteúdos do mv.asterisco.pt (cujo endereço continua a funcionar). A plataforma anterior era mais simples (bash scripting FTW), mas precisava de uma coisa melhor. Pode ser que um dia destes mude (PHP sucks) e faça uma toda baseada em Javascript. Ou que alguém a faça para eu usar.
  • redescobri os biscoitos Paupério, esse ícone da minha infância. O que me faz lembrar que tenho de ir buscar mais uma caixas…
  • expandi o âmbito da minha carreira académica
  • a nova aventura se tornou concreta
  • desisti de vez dos Windows e dos Mac OSX e mudei de vez para Linux
  • o serverside Javascript se tornou ainda mais concreto, obrigando-me a rever os meus tempos de Faculdade a programar em Lisp e Scheme para relembrar o paradigma funcional e o que são fechos/closures. O “event based” e os “callbacks” continuam a ser uma forma esquisita de programar, mas acho que ainda vou a tempo de me habituar.
  • a organização regular do workshop Kickstart começou (Kickstart 1H10). O 2º workshop Kickstart (Kickstart 2H10) deverá realizar-se em Junho ou Julho deste ano.

E agora começa a aproximar-se a data do ano 42 da era MV. “God knows what happens next…


13
Jan 10

The Flash vs JS/Canvas discussion

Some months ago:

“mvalente: Pq Flash vai morrer: acessibilidade, UI diferente, SEO, -speed. E pq js+css faz tudo”

“mvalente: Nao discuto :)… Em 5 anos o Flash vai estar no mm “nicho” em q estao as Java applets (ie. +- nulo)”

“mvalente: Who needs AIR, Flash, Silverlight, JavaFX and other crap http://is.gd/bKQb JS + Canvas, baby”

Feel free to search for Flash in my twitter archive (starts in March 2007 ends in February 2009; I dont chat on twitter anymore) http://mvalente.eu/Files/mvalentetwitterhistory.html


10
Jan 10

“If you ask me to name the proudest distinction of Americans, I would chose the fact that they were
the people that created the phrase “to make money.”  No other language or nation had ever used
these words before.  Men had always thought of wealth as a static quantity, to be seized, begged,
inherited, shared, looted, or obtained as a favor.  Americans were the first to understand that wealth
has to be created.  The words “to make money” hold the essence of human morality.  Yet, now the
looter’s credo has brought you to regard your achievements as a hallmark of shame, your prosperity as
guilt.  Your greatest men, the industrialists, as braggarts.  And your magnificent factories as the product
and property of muscular labor, the labor of whip driven slaves.  The man who simpers when he sees no
difference between the power of money and the power of the whip aught to learn the difference on  his
own hide.  Until and unless you discover that money is the root of all good, you ask for your own
destruction.  When money ceases to be the tool with which men deal with each other, then men
become tools of men.  Blood, whips, and guns.  Or money.  Take your choice, there is no other.  And
your time is running out.”


5
Jan 10

The usual fashion whores naysaying Android/Nexus. They’ll switch within a year and eat their words. And I’ll make another Hitler video.