Startups à Caixa Central

Neste fim de semana que passou realizou-se mais um Codebits. Como sempre parabéns à organização, nomeadamente ao Celso e à malta do SAPO.

Desta vez não participei em actividades nenhumas, nem voltarei a participar. Mas de qualquer forma tentei dar um salto em cada um dos dias e ver o ambiente. Estava a contar conseguir ir no final do dia de Sábado para ver as apresentações dos projectos mas não foi possível por compromissos anteriores.

Mas ainda bem. É que os projectos este ano foram bem mais fraquinhos do que em anos anteriores. Talvez sinal do aumento de participantes. É inevitável que quando se baixa o nível do que é suposto ser uma reunião de elite (não, não somos todos iguais), a taxa de tontos e de projectos inconsequentes aumente.

Não consegui ir mas ainda consegui ver alguns em streaming, ver e ler a lista dos mesmos e receber feedback de alguns amigos. Não foram grande espingarda. Basta dizer que este ano não investia em nenhum dos projectos apresentados, ao contrário de anos anteriores em que teria investido em alguns. Minto: investia num que juntasse (onde se juntassem) os projectos 17, 60, 88 e 110. Tenho uma ideia sobre o que se podia fazer; mas não conto.

E portanto, projectos giros passados e presentes já sabem: é contactar a caixa central e apresentar o projecto em mais detalhes.

Para além disso: daqui a 1 mês vai-se realizar o workshop Kickstart 1H10. É uma boa oportunidade para se apresentarem e, se forem selecionados, aprender algumas coisas, ter ajuda a estruturar o projecto e a possibilidade de receber uma proposta de investimento.

O que me traz ao título do post: é que são precisos mais patinadores à caixa central. É uma desilusão estar à espera de receber 15 ou 20 candidaturas e receber 10. Vamos seleccionar 5 ou 6 (calma quem se inscreveu que os convites saiem ainda hoje) para estarem presentes e faria algum sentido ter mais opções. É só garganta? “Ah e tal se houvesse dinheiro eu tinha um projecto do catano” mas depois quando têm hipótese fogem com o rabinho à seringa? Ou é medo da rejeição? Têm medo de não ser escolhidos, o mundo acaba e têm de ir chorar para um cantinho?

É por isso que resolvemos lançar um “Call for Startups/Founders“: desde o início que está no nosso plano não contar apenas com ideias externas, mas também criar equipas para implementar ideias nossas, internas. Portanto se têm mãozinhas para pôr projectos no terreno e vos interessa alguma das ideias/projectos/tecnologias, façam-nos o favor de entrar em contacto que a malta explica como se podem tornar co-founders e ajudar a pôr esses projectos no terreno.

2 comments

  1. Alexandre Gonçalves

    Não consigo visualizar os projectos Codebits mencionados, aparentemente o acesso a esse conteúdo no website do Sapo/Codebits não é público.