"A solução é obvia: um a mandar, todos a trabalhar e ninguem a gastar"
2010/02/06 08:15