Blogdot e dAaZ

Andava para aqui às voltas a pôr ficheiros e discos em ordem e fui dar com umas relíquias que me trouxeram algumas recordações…

Aqui há uns anos atrás (2002/2003), depois dos vários trabalhos feitos para terceiros (Telecel, Oni, Cabovisão) pela RVTI, resolvemos lançar dois projectos próprios: o Blogdot e o dAaZ (lê-se “de A a Z”).

O primeiro era um engine de blogs, algo semelhante ao Blogger ou ao WordPress, permitindo a qualquer pessoa criar e gerir o seu próprio blog. O segundo era uma espécie de CMS on-demand, uma mistura de blogspot+flickr+youtube, que permitia a qualquer pessoa criar um site especializado sobre um determinado assunto (ex: jogos.daaz.pt) e colocar e gerir conteudos nesse site.

Tanto um como outro tinham algumas coisas com piada. Tinham por exemplo a possibilidade de se poder editar as CSS do lado do browser, comunicando as alterações ao servidor imediatamente (aka AJAX). Tinham também a inusitada característica de não usarem TABLEs para layout, sendo feitos exclusivamente à força de DIV e CSS. Uma modernice, que até deu para algumas cómicas discussões com os habituais velhos do Restelo. Que hoje devem ser uns zelotas do “tableless”… E tinham para além disso a característica de não serem feitos com HTML standard mas sim com uma linguagem XML que inventámos (à qual chamámos ZML, Zope Markup Language). Podem fazer o View Source das páginas e depois ver a relação com as actuais definições do HTML5.

Sucesso não houve. Em pleno rebentar da bolha dot.com não era a melhor altura para lançar projectos. E as ideias e tecnologias usados provavelmente estavam foram de tempo. Oh well…

Hoje ainda tentei por de pé os sites com os backups que tinha para aqui, mas nada feito. Entre actualizações de sistemas operativos, de linguagens e de bases de dados, é praticamente impossivel fazê-lo sem reescrever montes de linhas de código ou sem replicar os ambientes originais com versões antigas do software de suporte (RedHat, Python 2.1, Zope 2.5, Berkeley DB ‘não me lembro’…). Valhe-nos o archive.org para “mais tarde recordar”. Já não há muito a fazer relativamente ao dominio blogdot.org (taken) mas como tenho a marca registada DAAZ, um dia destes ainda re-registo o daaz.pt…